segunda-feira, 11 de abril de 2011

Processo de Escolha dos Livros Didáticos de Filosofia 2012 - Escolas Públicas

Ótima novidade - para os professores e estudantes brasileiros - é a chegada dos livros didáticos de filosofia (e de sociologia) já para o próximo ano, 2012. Isso significa que vamos ter subsídios para trabalhar em sala de aula. Hoje contamos com poucas opções de material. As escolas quase nunca fornecem cópias dos textos que sugerimos e perdemos muito tempo anotando um conteúdo no quadro.

Além disso os estudantes poderão levar para casa um material para poder estudar e aprofundar. Já estão disponíveis três indicações de livros de filosofia que podem ser adotados por escolha de cada escola. São eles:
FILOSOFANDO – INTRODUÇÃO À FILOSOFIA. Maria Helena Pires Martins. Maria Lúcia de Arruda Aranha. Editora Moderna.
FUNDAMENTOS DE FILOSOFIA. Gilberto Cotrim. Mirna Fernandes. Editora Saraiva.
INICIAÇÃO À FILOSOFIA. Marilena Chauí. Editora Ática.
As considerações a seguir são iniciais e aguardam a colaboração dos colegas professores de filosofia, além disso representam posição pessoal do autor deste artigo. No entanto, recomendamos a leitura do segundo tópico deste (Processo de Escolha dos Livros), para maiores esclarecimentos quanto à escolha dos livros didáticos feito por cada escola.

Os três livros indicados passaram por um processo de seleção feito por professores do Ensino Médio e Ensino Superior que os selecionaram dentro de um total de quinze (15) livros didáticos apresentados por editoras de todo o Brasil. Os livros foram selecionados de acordo com críterios rigorosos, segundo afirmam os técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) dentro do Programa Nacional do Livro Didático (Guia PNLD 2012) à partir do Guia de Livros Didáticos - PNLD 2012 Filosofia.



Particularmente já li e possuo o livro "Filosofando" das professoras Maria Helena Pires Martins e Maria Lúcia de Arruda Aranha. Um livro muito rico, mas que, na minha perspectiva, peca pela falta de referência aos filósofos, explorando demais os conteúdos de filosofia, sem às vezes situá-los no horizonte da História da Filosofia.


O livro "Fundamentos de Filosofia" dos autores Gilberto Cotrim e Mirna Fernandes não os conheço, mas já os vi em algumas bibliotecas de escolas públicas de Fortaleza.


Já o livro "Iniciação à Filosofia" da professora Marilena Chauí me parece ser o mais adequado. Embora não tenha lido esta obra, que me parece, ainda não estar disponível nas livrarias, deve seguir a mesma tônica do livro da mesma autora, "Convite à Filosofia", obra consagrada no ensino de filosofia em nosso país.

Embora alguns professores de filosofia do Ensino Médio considerem a obra da filósofa Marilena Chauí "alta" para os alunos da escola pública por ser, inclusive, adotada como texto base da disciplina de Introdução à Filosofia em centenas de cursos de graduação do Brasil e do mundo, devemos atentar para a solidez dos conhecimentos da escritora desde sua vasta experiência e procura de sempre situar os conceitos filosóficos dentro do horizonte dos alunos.

Além disso, esta obra, segundo consta no material de divulgação, é totalmente voltada para o Ensino Médio com recursos metodológico-pedagógicos que visam facilitar a compreensão de alunos e professores.

Processo de Escolha dos Livros

A escolha dos livros, segundo o MEC, continuará se dando por parte das escolas que têm autonomia para isso. No entanto, cada Prefeitura Municipal deverá ter aderido ao PNLD até o final de março de 2011. Para saber se sua cidade aderiu basta acessar o site do FNDE e fazer uma consulta em "todas as entidades". (https://www.fnde.gov.br/simad/consultaTermosEntregues.do)

Entre os dias 23 de maio e 12 de junho de 2011, o responsável escolhido pelo Núcleo Gestor da Escola, munido de senha de acesso, irá (somente) através da Internet, registrar a escolha dos livros. (no portal www.fnde.gov.br na seção Destaques, no link Escolha PNLD 2012.).

Por esse motivo, nós professores (as) devemos estar atentos para que o processo de escolha ocorra preferencialmente antes desse prazo e de forma democrática. "Sem interferências externas", segundo indicação do Guia PNLD 2012.

Isso significa dizer que não podemos deixar acontecer certos "acordos velados" entre alguns dirigentes escolares e editoras, coisa que pode acontecer se não fiscalizarmos e participarmos ativamente deste processo de escolha.

Desejo boas escolhas a todos nós na esperança de que nossos livros didáticos sejam aquilo que o PNLD delineia: "O livro didático de filosofia é, de fato, um elemento que desempenha um lugar central no debate sobre a identidade do ensino de filosofia. Mais do que simples suporte ao trabalho docente nos mais diversos contextos e regiões do país, o livro didático se torna roteiro de trabalho, material de apoio, interlocutor do docente na sua concepção das práticas de ensino de filosofia. Através dele o professor debate com os especialistas a atividade de docência em filosofia, sustenta histórica e teoricamente sua atuação em sala de aula, recebe materiais de apoio e textos, encontra alternativas de abordagem dos temas e dos roteiros de cursos. Mas o livro didático de filosofia torna-se também livro que encontrará, daqui em diante, seu lugar nas estantes de grande parte das prateleiras das casas brasileiras: ao lado dos outros livros didáticos, será referência fundamental não somente de escolarização, mas de cultura em geral."

Neto Alves.(Professor Pleno de Filosofia da Rede Pública de Ensino do Ceará.)

2 comentários:

  1. Escrevi este post antes de ler a obra da professora Marilena Chaui. Agora que a tenho em mãos posso falar com mais precisão. Dá gosto de ler e perceber o que nossos alunos poderão ganhar com a leitura de "Iniciação à Filosofia". Só não gostei do programa que a autora fez para utilização do mesmo durante os três anos em duas (02) aulas por semana. No Ceará só temos uma (01)aula. Mas isto não impede nossa criatividade e o uso fica a critério de cada professor/escola.

    Boa escolha à todos(as). Não esqueçam, a data de escolha está acabando. Entre os dias 23 de maio e 12 de junho de 2011 o processo já deve ser encerrado no site do PNLD.

    ResponderExcluir